Seguir em frente

terça-feira, abril 13, 2010


Quando eu olho para o nada, ou mergulho em meus pensamentos é automático vir em minha mente o teu olhar, o teu sorriso, sua imagem do primeiro dia que te vi. Numa parte isso é bom, pois me faz lembrar das falas fofas, do momento em que sonhei contigo, significa que há uma parte de você dentro de mim. Mas no fundo isso machuca, faz com que eu sinta um aperto uma dor no peito, faz com que eu me lembre do momento em que perdi as esperanças, as chances entre você e eu. Enquanto aos conselhos...Eles estão demais, cada um de um jeito, cada um com caminhos diferentes, a única coisa em comum é que todos eles vêm das pessoas que eu amo, que me ama e me quer bem. Em meio de tantos resolvi seguir o conselho do meu coração pois só ele tem o meu jeitinho chato, bobo, complicado, tímido, meio louco de ser. A vida é como uma bicicleta a qual não podemos apertar o freio, sendo assim caímos várias vezes tendo de começar tudo de novo. Mas uma coisa eu sei: não vou virar as costas pro mundo e nem se trancar no meu. Vou tentar não sofrer, respirando fundo e seguindo em frente.

You Might Also Like

1 comentários

Google+ Followers