Explosion of Feelings

quinta-feira, junho 30, 2011


Ele: Foi você não foi?

Ela: O que? - olha assustada para ele com seu coração acelerando cada vez mais.
Ele: Que me mandou essa carta?
Ela: Como sabe?
Ele: Eu reconheço a sua letra, o cheiro do perfume na carta é o mesmo que o teu. Tudo que você escreveu aqui refere-se a nós dois.
Ela: É, fui eu, mas eu sei que não muda nada . A gente não escolhe de quem gosta, não mandamos em nossos sentimentos. Nem sei porque te escrevi isso, sou uma idiota mesmo.
Ele: Você não mudou nada mesmo, sempre tentando ler meus pensamentos. Como sabe que eu não sinto o mesmo? Você ao menos me deixou falar?
Ela: Não precisa dizer nada, não quero ouvir. Vou me machucar se ouvir a resposta. Você não gosta mais de mim, quem sabe até nunca gostou.-uma lágrima começa a cair de seus olhos- Você não cumpriu as promessas. Você nem olha mais nos meu olhos, nem me cumprimento mais. Eu sinto saudade de você, eu quero estar em seus braços pois é ai que me sinto segura. Eu quero ouvir você dizer que me ama. Eu quero te ter comigo. Eu te amo e não consigo te esquecer. Mas você não. Gosta de uma a cada semana, eu vejo quando você escreve que está sofrendo por amor, mas é bem feito porque está pagando o que fez comigo. Eu leio tudo o que você escreve, eu tento não ler mas não consigo. E cada vez mais eu me machuco mais. Por que? Por que? Eu não deveria te amar mais...
Ele: Me deixa falar agora?
Ela: NÃO! Não mais ouvir sua voz, não quero mais te ver. Sei que isso não vai ser nada fácil, mas eu tenho que tentar, para o meu próprio bem. Tchau! Eu te amo!
Ele: ESPERA! -ela sai correndo em direção ao metrô, ela decide se mudar, não quer mais sofrer, talvez não o vendo mais melhore as coisas.
Mas como sempre ela toma atitudes precipitadas, não deixou ele falar e já saiu correndo pra tentar viver a vida nova. Então, foi nesse dia que ela perdeu o amor de sua vida. Ele a amava assim como ela, as vezes até mais. Hoje ninguém sabe como eles estão. As vezes encontraram outra pessoa para substituir, ou, estão por ai, caminhando sozinhos com um enorme buraco no coração.

You Might Also Like

0 comentários

Google+ Followers